terça-feira, 2 de julho de 2013

O SOFRIMENTO E A CRIANÇA


Por, Clara Angélica Porto

(Originalmente publicado no Jornal a Cruzada da Faculdade Católica de Filosofia de Sergipe por iniciativa da professora Carmelita Fontes. Na época sua autora tinha 9 anos de idade e era aluna da 1ª série ginasial  do Ginasio de Aplicação (hoje Colégio de Aplicação da UFS).

 


Era uma noite de inverno. O vento soprava suave... Nuvens espessas cobriam a lua. Estava tudo escuro. E aquela criancinha caminhava em direção ao mar. As ondas batiam sem piedade nas rochas e o barulho era ensurdecedor. Chegando a um certo local, a criança parou com os olhinhos arrasados de água, olhando furtivamente o mar.
Por que seria? Por que esta criança tão pequenina tinha aquele olhar de sofrimento? Por quê? Essa era a resposta que ninguém poderia dar... De repente ouviu-se um grito. As águas estavam cobertas de sangue e um corpinho flutuava...





Nenhum comentário: