sexta-feira, 4 de novembro de 2011

AMAR


Por, Saulo Henrique Souza Silva




Amar é odiar,

Querer bem e detestar,

É desejar e rejeitar!

Amar é desprezar,

Penetrar e maltratar,

É sofrer e gozar!

O amor é como o homem,

Volúvel, em si trás seu oposto,

Confunde-se com seu contrário!

O verbo amar exige o odiar,

Deve-se declamar o amor

Sem jamais esquecer a dor,

Sabendo que o real prazer

Exige a efetividade do sofrer!


                         
                   (Por, Saulo Henrique Souza Silva)

Nenhum comentário: