domingo, 2 de outubro de 2011

NÓS E O CAOS

Por, Saulo Henrique Souza Silva



Semelhante à força incessante

Que altera continuamente a matéria,

Causa eficiente da paixão magnética

Que as partes maiores e imperiosas exercem

Sobre os corpos menores e mais fracos,

Força que organiza a um só tempo os opostos:

              Luz e treva,

              Frio e calor

              Eis-me junto a você.

Mas, continuamos presos ao devir imanente.

E por atuação do ódio latente e desagregador   

A união dos opostos se desfaz rapidamente:

            Ou luz ou trevas,

            Ou frio ou calor,

            Eu ou você.

Quando se dissipa a ação do amor

Tudo se afasta, nada permanece!

Altera o magnetismo da causa eficiente,

E nesse caótico instante os opostos divergem:

          Eis-me longe de você! 

2 comentários:

Provos Brasil disse...

Existe ordem no caos!

Muito bom o blog!

Saulo Henrique Souza Silva disse...

Que Bom que você gostou, volte sempre a nos visitar!