segunda-feira, 5 de setembro de 2011

A VER NAVIOS





A verdade a ver navios,

Do navio sem ver verdades.

Na vida eventos mil,

Um rol de possibilidades.



Pode ser que um dia aconteça; 

Mas, pode ser que eu nada veja. 

Pode ser até que meu navio se perca

Nesse mar que a cada dia é uma peleja.  


(Por, Saulo Henrique Souza Silva)

Nenhum comentário: