domingo, 10 de julho de 2011

Sentido da Vida



No ar,
No dia;
Na noite;
No mar;
No vento;
No radioso sol;
Na sala de aula;
Nas escrituras sagradas;
Na audácia de um bandido;
No sabor adocicado do vinho;
Na nação poderosa que um dia ruiu
Na saudosa lembrança de quem já partiu;
Em cacos de vidro espalhados no chão;
Nas palavras de um “sábio” Guru;
Na mira de uma bala perdida;
Na procura incessante;
No mundo encantado;
Em um gesto de ira.
Nas horas do dia...

Onde estará o
Sentido da
Vida?

(Por Saulo Henrique Souza Silva)

Nenhum comentário: